[sábado, junho 17, 2006]

Parque Mundial dos Amores Perdidos, 9/10/2006

Meu amorzinho,

Não sei como te dizer o que sinto. Este rouxinol está tão feliz que eu não sei o que fazer, até mete raiva!
Só esta carta me anima. Não consigo aturar mais este chato rouxinol que está tão feliz!
Quando é que nos voltamos a encontrar? Para ver se me animo....
Mas que pesadelo... cá está o Rouxinol a ver o que estou a escrever, que chato, não me deixa nem por um segundo.
Bem... não tenho mais nada que escrever. Espero voltar-te a ver, meu querido gato. Voltarei a escrever.
Beijinhos desta Andorinha que te adora!
Sinhá (Vânia, 8ºD)


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

<\$BlogItemBacklinkCreate\$>

Escrito por Gato Malhado at 4:33 da tarde

Olá! Sou um gato e habito dentro de um livro. Adoro ler e... namorar. E tu?



Outros dias...


Powered by Blogger

Amigos na Web


  • A nossa escola
  • CRE Lorosae
  • Escreva-me!
  • BN digital
  • Netescrita
  • Livraria on line
  • Outra Livraria on line
  • Uma sugestão de leitura
  • Literatura brasileira
  • Sítio da Prof. Teresa
  • Arq. Audio da Prof.Teresa
  • Fund. Casa de JORGE AMADO
  • As nossas sugestões de leitura
  • Trabalhos da Prof. Marli, Brasil
  • Radio Web do CAIC M. Costa, Brasil
  • Escrita colaborativa dos amigos do 8ºC
  • Blog@qui - 8º ano (História) - V. do Castelo
  • Dia D - Azeitão
  • Sala 16 - "Está-se bem!" - Azeitão
  • "Sabor Saber"


    Envie-nos uma mensagem ÁUDIO. Obrigado!


    Send Me A Message

    Deixe comentário ou Recado no Mural. Obrigado!




    Contador