[domingo, junho 18, 2006]

O Vento apresenta-se

Não é um vento que passa... é o vento que fica. As tarefas da webquest foram aperfeiçoadas e continuamos a apresentação de alguns excertos:

Apresentação da personagem VENTO:

Gosto de apagar as lanternas, lamparinas, candeeiros, fifós para assombrar a noite e despir as árvores dos belos vestidos de folhagens.
Não gosto de…
Inês / Andreia B. 8ºD
Gosto de levantar as saias as mulheres e ajudar a Manhã nas suas tarefas diárias. Como também adoro fazer cócegas às árvores e despi-las (Sou um grande malandro!). Não gosto do que todos me chamam (velhaco!?), eu até nem sou muito velho!?
Pelo menos é o que eu percebo. Toda a gente fala de mim, sou muito famoso!
Catarina & Vânia - 8ºD

Apresentação da Personagem Manhã

Sou divertida e jovem, gosto muito de piadas e de histórias, de todos os géneros. No entanto sou um pouco descuidada e por vezes arranjo confusões. Gosto muito do meu trabalho pois tenho umas actividades muito divertidas embora para isso tenha que acordar cedo.
Sou também uma sonhadora. Um dos meus sonhos é poder acordar ás onze horas, o que não posso fazer devido ás minhas funções. Tenho muitos amigos, mas penso que há alguns relógios que não gostam muito de mim.
Hugo & Gonçalo Ferreira - 8ºD


Gosto de assustar a noite, aliás adoro! Sabem, é que ela tem medo do escuro, então eu vou e apago as lanternas, as lamparinas, os candeeiros, tudo o que lhe dê luz. Também gosto imenso de passar a noite no bosque porque quando lá passo as árvores rebolam-se todas felizes pela minha breve passagem. Há quem diga que são desavergonhadas mas eu acho que são pessoas sensatas, ou seja, sabem apreciar aquilo que é bom, ou seja eu.
E quando vejo uma mulher de saia passo com bastante força, é mesmo giro!
Tenho de confessar que gosto da manhã, ela é tão gira, tão frágil. Quando ela vai aquecer o Sol ela necessita de ajuda pois isso é uma tarefa para gente forte como eu claro…
Sou alegre, ágil, dançarino bastante famoso, amigo do seu amigo e sempre disposto a ajudar os demais, sobretudo quando se trata de senhoras mas tudo por uma questão de cavalheirismo claro, que mais podia ser?
Não gosto quando não consigo assustar a noite com as minhas partidas porque assim ela não fica com medo e isso é mau; não gosto quando as pessoas dizem que as árvores são desavergonhadas só porque apreciam o que é bom da Natureza, é claro que me refiro a mim, a que mais seria? Não gosto, aliás, odeio quando as mulheres andam de calças pois assim não posso fazer com que se vejam as suas pernas. Porque é que as mulheres não andam sempre de saias? Devia haver uma lei contra as calças para as mulheres.
Rute e Catarina, 8ºC


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

<\$BlogItemBacklinkCreate\$>

Escrito por Gato Malhado at 9:41 da manhã

Olá! Sou um gato e habito dentro de um livro. Adoro ler e... namorar. E tu?



Outros dias...


Powered by Blogger

Amigos na Web


  • A nossa escola
  • CRE Lorosae
  • Escreva-me!
  • BN digital
  • Netescrita
  • Livraria on line
  • Outra Livraria on line
  • Uma sugestão de leitura
  • Literatura brasileira
  • Sítio da Prof. Teresa
  • Arq. Audio da Prof.Teresa
  • Fund. Casa de JORGE AMADO
  • As nossas sugestões de leitura
  • Trabalhos da Prof. Marli, Brasil
  • Radio Web do CAIC M. Costa, Brasil
  • Escrita colaborativa dos amigos do 8ºC
  • Blog@qui - 8º ano (História) - V. do Castelo
  • Dia D - Azeitão
  • Sala 16 - "Está-se bem!" - Azeitão
  • "Sabor Saber"


    Envie-nos uma mensagem ÁUDIO. Obrigado!


    Send Me A Message

    Deixe comentário ou Recado no Mural. Obrigado!




    Contador